ūüáßūüá∑ Por que estamos construindo Cardano? Regulamento - Tradu√ß√£o parte 5 de 6 - Portugu√™s Brasileiro

A FALSA DICOTOMIA
Por mais mercurial e misterioso que possa ser a regulamentação, pode-se inferir metaforicamente um laço narrativo elegante dos corruptos e de seus promotores que buscam justiça. Os regulamentos são o conjunto de ferramentas do portador da lei. Mas, como todas as ferramentas, elas podem ser grosseiras, antigas ou simplesmente mal utilizadas.

As criptomoedas n√£o mudaram a condi√ß√£o humana ou o loop narrativo. Sempre haver√° fraudes, maus atores e resultados terr√≠veis, apesar das melhores inten√ß√Ķes. Embora as criptomoedas possam remover o julgamento humano, elas n√£o podem remover o comportamento humano.

Um designer de criptomoeda precisa se posicionar sobre o kit de ferramentas que ele oferecer√° ao regulador para corrigir eventos ruins. O √ļnico desafio que as criptomoedas enfrentam √© que elas s√£o um produto de falha regulat√≥ria e monet√°ria.

Culturalmente, muitos em criptomoedas consideram a ação do governo corrupta, inepta ou ineficaz. Portanto, eles têm pouco respeito, paciência ou desejo de endossar um backdoor especial para um regulador ou um homem da lei corrigir erros. Esse ato seria um anátema para todo o objetivo das criptomoedas.

Por outro lado, contando falhas de c√Ęmbio e eventos hist√≥ricos, mais de 10% do Bitcoin foi perdido ou roubado desde o in√≠cio do protocolo em 3 de janeiro de 2009. Em 30 de junho de 2017, o valor perdido ou roubado chega a pouco mais de US $ 4 bilh√Ķes. E esse n√ļmero n√£o explica Bitcoin e outros tokens perdidos por golpes e ICOs mal formadas.

Depois, h√° a quest√£o da privacidade. Em uma escala macro, o valor flui atrav√©s de canais especializados que s√£o regulados, ricos em metadados e monitorados ativamente pela aplica√ß√£o da lei, governos e reguladores internacionais. √Č um jogo bem compreendido, com vazamentos ocorrendo apenas no lado financeiro, que vem diminuindo gradualmente √† medida que o mundo passa para o dinheiro digital.

O paradigma, se as criptomoedas n√£o existissem, pareceria um mundo que trata cada vez mais a privacidade financeira, como o conte√ļdo das m√≠dias sociais. N√£o existe e n√£o se pode optar por n√£o participar. Portanto, temos um dilema que produz uma aparente dicotomia.

Um designer de criptomoeda pode renunciar a princípios e ceder ao que exige que a jurisdição local imponha seu código, comprometendo assim a privacidade e a integridade de seus usuários. Ou ele pode adotar uma filosofia mais baseada em princípios, mas anarquista, que se divorcie das melhores práticas e leis atuais.

Para Cardano, sentimos que essa narrativa é uma falsa dicotomia provocada pela falta de imaginação. A realidade é que a maioria dos usuários não está preocupada com as regras existentes para os mercados. Eles geralmente estão preocupados com mudanças repentinas nas regras para beneficiar um ou mais atores. Eles estão preocupados com a falta de transparência sobre quem recebe privilégios especiais.

Precisamos distinguir entre direitos individuais e direitos de mercado. Dado que as criptomoedas têm um alcance global, os direitos precisam ser o mais orientados ao usuário possível.

A privacidade deve ser razo√°vel e sob o controle do usu√°rio, n√£o um porteiro. O fluxo de valor deve ser irrestrito. O valor n√£o deve estar sujeito a confisco repentino sem consentimento.

Do ponto de vista do mercado, o mercado precisa ser transparente sobre o uso de dados, como os fundos serão tratados e todos precisam seguir o mesmo conjunto de regras. Além disso, uma vez que o usuário tenha consentido, ele não poderá mudar de idéia repentinamente devido a inconveniências. As contrapartes também precisam de certeza.

Mas como exatamente se move do abstrato para um sistema real? Como deve ser algo prático e legal? Dividimos nossa solução em três categorias: metadados, autenticação e conformidade, bem como DAOs de mercado.

METADATA
O ato de algo geralmente pode ser menos interessante que os metadados que o cercam. Por exemplo, dirigir de Denver para Boulder é um ato. Dirigir de Denver a Boulder em um Ferrari 488 a uma média de 120 MPH são metadados. Certamente isso infere uma experiência diferente do que em um Toyota Prius a uma média de 30 MPH.

As transa√ß√Ķes financeiras n√£o s√£o diferentes. O contexto em torno delas √© extraordinariamente importante para economistas, autoridades fiscais, √≥rg√£os policiais, empresas e outras entidades. Infelizmente, em nosso atual sistema baseado em decretos, a maioria dos consumidores nunca v√™ qu√£o ricos em metadados s√£o suas transa√ß√Ķes ou com quem s√£o compartilhados.

Para Cardano, reconhecemos que os usu√°rios podem precisar ou s√£o legalmente obrigados a compartilhar metadados transacionais com determinados atores, como autoridades fiscais. Mas acreditamos que esse compartilhamento deve estar com o consentimento do usu√°rio.

Também acreditamos que os sistemas blockchain têm um tremendo poder para eliminar fraudes, desperdícios e abusos, fornecendo auditabilidade, carimbo de data e hora e imutabilidade. Assim, alguns metadados devem ser publicados na blockchain Cardano.

A parte difícil é encontrar um equilíbrio correto que não condene nossa blockchain a inchaço substancial. Diante dessa preocupação, escolhemos uma abordagem pragmática.

Primeiro, o Daedalus apoiar√° nos pr√≥ximos 12 meses uma grande variedade de recursos para rotular transa√ß√Ķes e atividades financeiras. Esses metadados podem ser exportados e compartilhados sob demanda com quem o usu√°rio julgar necess√°rio. Al√©m disso, os dados podem ser operados por aplicativos de terceiros para fins espec√≠ficos do dom√≠nio (por exemplo, contabilidade tribut√°ria).

Segundo, estamos explorando a adição de suporte para endereços especiais que podem incluir hashes e campos criptografados. Essa estrutura permitiria que um usuário publicasse metadados em nossa blockchain sem revelá-la publicamente. Mas, se ela quiser compartilhar os dados, isso traria toda a segurança de auditoria, imutabilidade e timestamp que uma transação desfruta.

J√° implantamos uma estrutura de endere√ßo que cont√©m um campo de atributo. Atualmente, ele est√° sendo usado para armazenar uma c√≥pia criptografada da estrutura das √°rvores da carteira HD para recupera√ß√£o r√°pida da carteira (consulte a documenta√ß√£o da Carteira HD). Vers√Ķes posteriores generalizar√£o essa constru√ß√£o.

AUTENTICAÇÃO E CONFORMIDADE
Estreitamente ligados √†s transa√ß√Ķes est√£o os t√≥picos do direito de fazer transa√ß√Ķes e a propriedade dos fundos. Por exemplo, embora possa haver fundos suficientes para comprar algo (por exemplo, √°lcool), pode haver restri√ß√Ķes √† sua compra (requisitos de idade).

A propriedade e a origem dos fundos são tipicamente uma providência para conhecer os regulamentos do cliente. Quando uma empresa de serviços monetários, como um banco ou uma bolsa, abre uma conta para um novo cliente, geralmente é necessário coletar fatos básicos sobre o cliente e de onde ele adquiriu seus fundos.

O desafio tecnol√≥gico √© que, no processo de envio dessas informa√ß√Ķes exigidas por lei, o usu√°rio que as envia n√£o tem garantia de como ser√° usado, armazenado e se ser√° destru√≠do. As informa√ß√Ķes de conformidade s√£o comercialmente valiosas. Pode ser roubado por roubo de identidade ou revendido sempre que a regulamenta√ß√£o permitir.

Para Cardano, queremos inovar o m√°ximo poss√≠vel. No lado do software dos protocolos, h√° pouco para garantir que o receptor das informa√ß√Ķes de conformidade se comporte dentro de um escopo de conduta. No entanto, no lado do hardware dos protocolos, usando hardware confi√°vel, pode-se aproveitar o Intel SGX e outros HSMs para impor determinadas pol√≠ticas.

Assim, estamos explorando o uso de Sealed Glass Proofs juntamente com uma pol√≠tica de compartilhamento para permitir a transmiss√£o segura de informa√ß√Ķes de conformidade a um verificador que, por sua vez, √© for√ßado a cumprir as pol√≠ticas sob as quais foi transmitido. Acreditamos que ambos os padr√Ķes uniformes possam surgir e tamb√©m que esse m√©todo reduzir√° o risco aos verificadores, impedindo a perda de dados de clientes de hackers.

Como corol√°rio desse esfor√ßo, o modelo em camadas que propomos para Cardano que separa o valor da computa√ß√£o tamb√©m pode se beneficiar dessa abordagem. Se a camada de computa√ß√£o for administrada por entidades regulamentadas (por exemplo, trocas ou cassinos), elas precisar√£o realizar verifica√ß√Ķes de conformidade e potencialmente aplicar pol√≠ticas tribut√°rias aos usu√°rios.

Usando SGPs, o usu√°rio pode enviar fundos juntamente com informa√ß√Ķes de identifica√ß√£o pessoal, sem a preocupa√ß√£o de que elas vazem para a Internet mais ampla ou sejam preservadas pelos n√≥s de consenso da camada de computa√ß√£o. Al√©m disso, a camada de computa√ß√£o obteria certeza de que todos os usu√°rios que fazem transa√ß√Ķes s√£o autenticados e leg√≠timos.

Esse paradigma também permite a portabilidade do cliente entre entidades regulamentadas. As trocas poderiam transferir saldos e contas para clientes instantaneamente por esses canais seguros e também - onde as políticas permitirem - compartilhar dados com os reguladores.

Esperamos que nosso primeiro teste beta dessa tecnologia seja realizado em meados de 2018, com o objetivo de integrar a Cardano no final de 2018 ao início de 2019, com resultados de pesquisa pendentes. Essa linha do tempo também assume a capacidade de colaborar com a ARM e a Intel para que o código seja assinado para execução em seu hardware.

DAOs DO MERCADO
As duas se√ß√Ķes anteriores abordaram a gera√ß√£o e o movimento de informa√ß√Ķes assumindo a exist√™ncia de algum sistema externo. Para garantir a interoperabilidade herdada, esses recursos sempre ser√£o necess√°rios, mas n√£o tratam da regulamenta√ß√£o baseada em blockchain.

Os contratos inteligentes permitem um tipo completamente novo de sistema comercial, em que os relacionamentos s√£o determin√≠sticos, auto-impositivos e livres de ambiguidade. Por sua vez, eles podem ser usados ‚Äč‚Äčpara criar regras para mercados, incluindo estruturas arbitrariamente complexas, como arbitragem, reembolsos por eventos e revela√ß√£o de fatos, dadas condi√ß√Ķes especiais.

Chamamos essas estruturas de contrato inteligente de Marketplace de DAOs. Eles não requerem suporte de protocolo especial nem mutabilidade para serem incorporados na razão. De fato, eles podem ser totalmente construídos usando uma coleção de contratos inteligentes interdependentes.

O conceito arquitet√īnico √© projetar uma cole√ß√£o de modelos comerciais inspirados no direito contratual e nas melhores pr√°ticas de neg√≥cios. Esses modelos podem ser conectados ao contrato inteligente de um desenvolvedor para impor padr√Ķes espec√≠ficos ao mercado.

Por exemplo, digamos que um desenvolvedor queira emitir um token ERC20 na CCL para realizar uma venda em massa. Um DAO do Marketplace pode ser estabelecido especificamente para vendas em grupo e seus termos e condi√ß√Ķes parametrizados ou mesmo aplicados por padr√Ķes legais ou volunt√°rios. Coisas como reembolsos, realoca√ß√£o de fundos ou congelamento de pagamento podem ser herdadas no contrato ERC20 do desenvolvedor.

Esse esfor√ßo nos permite ter uma discuss√£o macro sobre como um mercado deve ser controlado para garantir a prote√ß√£o do consumidor. Segundo, podemos discutir como modelar transa√ß√Ķes de forma a garantir automaticamente prote√ß√£o e direitos legais em jurisdi√ß√Ķes espec√≠ficas, como New Hampshire.

Trabalhando com a Cardano Foundation, a IOHK e outras entidades, o projeto Cardano criará uma biblioteca de referência de DAOs do Marketplace para os desenvolvedores de contratos inteligentes usarem. Nossa esperança é que os mercados reguladores e de seguros possam se formar em torno desses DAOs e que eles evoluam com base nos resultados.

Notas de rodapé

28: De fato, Satoshi incorporado no Bitcoin Genesis Block, a seguinte manchete foi retirada do The Times: The Times 03 / Jan / 2009 Chanceler à beira do segundo resgate aos bancos.

29: O leitor deve considerar pegar uma cópia de O Fim do Dinheiro, de David Wolman. Abrange o movimento internacional em direção ao desaparecimento do dinheiro.

30: Em uma escala mais macro, o autor Juan Zarate escreve sobre como esses dados s√£o usados ‚Äč‚Äčpelo Departamento do Tesouro dos EUA na guerra ao terrorismo na Guerra do Tesouro. Ele fornece uma vis√£o abrangente de como a estrutura atual dos mercados financeiros globais pode ser usada para fins geopol√≠ticos.

31: Consulte a Política de licença comercial da Intel SGX.

Original fonte: Why Cardano
Ultima parte ūüáßūüá∑ Por que estamos construindo Cardano? Sustentabilidade e Conclus√£o | Tradu√ß√£o parte 6 de 6 | Portugu√™s Brasileiro
Traduzido por @boscokim

1 Like