🇧🇷 Integrando e avançando com o Adrestia

(Publicado originalmente por Eric Czuleger no blog IOHK, traduzido por Joselmo Cabral)

Integrando e avançando com o Adrestia

Cumprindo o desafio do desenvolvimento do blockchain em ritmo acelerado

Para corretoras e desenvolvedores parceiros, a integração com qualquer blockchain pode ser um desafio. A tecnologia geralmente se move tão rapidamente que acompanhar o ritmo da mudança pode ser irreal. O processo de desenvolvimento e lançamento de Cardano agora está impulsionando as coisas rapidamente. O gerenciamento de fluxos de trabalho de desenvolvimento de software paralelos, movendo-se em velocidades diferentes, pode parecer um pouco como trocar os pneus de um caminhão enquanto ele dirige a 100 quilômetros por hora.

A visão de Cardano é fornecer segurança e sustentabilidade incomparáveis a aplicativos, sistemas e sociedades descentralizadas. Foi criada para ser a plataforma blockchain mais tecnologicamente avançada e ambientalmente sustentável, oferecendo um modelo seguro, transparente e escalável para a forma como trabalhamos, interagimos e criamos, como indivíduos, empresas e sociedades.

Em consonância com essas ambições, precisávamos criar uma maneira que nossos parceiros pudessem integrar rápida, facilmente e de maneira confiável com o Cardano, independentemente do que estava acontecendo sob o capô. Qualquer que seja o ritmo e a cadência de lançamentos futuros, queríamos desenvolver um método consistente pelo qual todas as atualizações no nó principal pudessem ser facilmente adotadas por todos.

Para facilitar e agilizar essa integração e interação com o Cardano, os engenheiros da IOHK formaram a equipe do Adrestia, para assumir a responsabilidade de criar todas as APIs e bibliotecas da web que tornam o Cardano acessível aos desenvolvedores e criadores de aplicativos. Os desenvolvimentos no nó podem focar no desempenho e na escalabilidade, enquanto os usuários sempre poderão interagir com ele sem esforço. O nome Adrestia foi escolhido em homenagem à deusa da revolta porque, com essas novas interfaces, esperamos que todos possam se integrar ao Cardano, criando uma ‘revolução’ na acessibilidade.

Permitindo que os desenvolvedores acompanhem as mudanças

O objetivo da equipe do Adrestia é fornecer - via APIs da Web - uma experiência de integração consistente, para que os desenvolvedores possam saber o que esperar entre os lançamentos do roteiro do Cardano. Seja um desenvolvedor de carteira ou uma corretora, os usuários podem explorar com flexibilidade a cadeia, fazer transações e muito mais.

As APIs são as seguintes:

• cardano-wallet: API HTTP ReST para gerenciar UTXOs e muito mais.
• cardano-submit-api: API HTTP para enviar transações assinadas.
• cardano-graphql: API HTTP HTTP GraphQL para explorar o blockchain.

O SDK consiste em várias bibliotecas de baixo nível:

• endereços cardano: geração de endereços, derivação e manipulação mnemônica.
• cardano-coin-selection: Algoritmos para seleção de moedas e balanceamento de taxas.
• cardano-transaction: Utilitários para construir e assinar transações.
• bech32: implementação Haskell do formato de endereço Bech32 (BIP 0173).

Além de fornecer uma maneira flexível e produtiva de integrar-se ao Cardano, a manutenção também é facilitada. Com consistência, geralmente é necessário menos tempo para atualizar as integrações entre os releases. Essa familiaridade reduz os custos de manutenção. O novo software pode ser implantado em dias, em vez de semanas. Por fim, qualquer pessoa pode acompanhar o ritmo das mudanças.

Iniciando

Os resultados agora estão vivos na era Byron de Cardano. As trocas ou carteiras de terceiros usando o Cardano-SL agora devem estar integradas para se preparar para o novo Byron e fazer upgrade para a carteira Shelley. Isso precisa ocorrer consecutivamente para evitar interrupções. Detalhes completos foram adicionados ao repo team da Adrestia e continuamos a trabalhar com nossos parceiros para garantir que não haja interrupção no serviço para os detentores de ada que mantêm seus fundos em corretoras ou em carteiras de terceiros. O gráfico abaixo mostra a diferença entre o nó Cardano-SL e o próximo nó Shelley. Os componentes em vermelho não são compatíveis com Shelley e serão descontinuados após o hard fork, enquanto os outros componentes são compatíveis com Shelley e serão suportados durante e após o garfo rígido.

A consistência é fundamental na criação de uma rede blockchain que funcione para todos. Cardano não será construído pelos próximos cinco ou dez anos, mas pelos próximos cinquenta. A mudança para o sistema é inevitável nesse período, mas o Adrestia foi feito para garantir que todos possam se conectar ao nó Cardano. Para começar, consulte o repositório do projeto Adrestia e leia o guia do usuário.

2 Likes