Lucro e prazer: Construindo Tokens na Cardano

Tradução da fonte: Building native tokens on Cardano for pleasure and profit - IOHK Blog

Por IOHK - Input Output, 17 de Fevereiro de 2021.

Com a atualização do protocolo “Mary”, que será implementado utilizando a nossa tecnologia de combinação do Hard Fork, Tokens Nativos e um suporte a multi-ativos estão à caminho da Cardano.

No dia 3 de Fevereiro nós atualizamos o Testnet público da Cardano para o ‘Mary’ Soft Fork, para que ocorressem os seus testes finais. Planejamos implantar a proposta de atualização da Cardano para a Mainnet no dia 24 de fevereiro, o que, portanto, seria implantado antes do limite da época 250 e entraria em vigor no dia 1º de março. Caso precisemos de mais alguns dias de teste, implantaremos a atualização na época seguinte, o que exigirá um período extra de cinco dias para que as atualizações entrem em vigor. A “Mary” está funcionando ótimamente há várias semanas em nossos ambientes de teste, portanto o nosso nível de confiança ainda está alto. Porém, como de costume, seguiremos um processo rigoroso (desenvolvido e aprimorado a partir da relação aos eventos Shelley e Allegra HFC anteriores) para que isso funcione.

Assim que o código for implantado com sucesso na Mainnet, lançaremos uma nova versão do Daedalus Flight para que os usuários a testem e ela será nossa primeira carteira Cardano integrada com suporte multi-ativo. Assim que estivermos satisfeitos com o desempenho e o funcionamento da carteira, lançaremos a Mainnet da Daedalus o que trará a experiência completa de um Token Nativo para cada um dos usuários da Cardano.

Por que Tokens Nativos?

Os Tokens Nativos oferecerão o suporte de diversos ativos para a Cardano, permitindo que os usuários criem Tokens definidos de forma exclusiva (Tokens personalizados) e realizem transações com eles diretamente na Blockchain da Cardano.

O uso de Tokens para operações financeiras está se tornando cada vez mais popular. É capaz de diminuir taxações, mas ao mesmo tempo melhorar a transparência, aumentar a liquidez e, é claro, ser totalmente desvinculado de Instituições centralizadas, como os grandes bancos. A “Tokenização” é o processo de representação de ativos reais (como por exemplo, moedas fiduciárias, ações, metais preciosos e propriedade) digitalmente, que pode ser usado para criar instrumentos financeiros para atividades comerciais.

A Cardano fornecerá muitas opções de “Tokenização" . Com a atualização “Mary”, a infraestrutura de contabilidade do registro processará não apenas as transações de ADA, mas também as transações que levam consigo diversos tipos de ativos simultaneamente. O Suporte Nativo concederá vantagens distintas para quem o desenvolve, porque não há a necessidade de criar Smart Contracts para lidar com a criação ou com as transações de Tokens personalizados. Isso significa que o registro rastreará a propriedade e a transferência de ativos, removendo a complexidade extra e o potencial de grandes erros manuais, ao mesmo tempo garantindo uma significativa eficiência de custos.

Futuro e utilidade

Desenvolvedores, empresas e aplicativos poderão criar Tokens de uso geral (fungíveis) ou especializados (não-fungíveis) para que cumpram objetivos comerciais ou de negócios. Isso pode incluir a criação de Tokens de pagamento personalizados ou recompensas para aplicações descentralizadas, Stablecoins atreladas a outras moedas, ou ativos exclusivos que representam propriedade intelectual. Todos esses ativos podem ser negociados, trocados ou usados ​​como pagamento por produtos ou serviços.

Ao contrário dos Tokens ERC-20, que são baseados em contratos inteligentes Ethereum, o rastreio e a contabilidade de Tokens personalizados na Cardano são suportados pelo registro nativamente. Como os Tokens Nativos não exigem Smart Contracts para transferir os seus valores, os usuários poderão enviar, receber e queimar seus Tokens sem pagar as taxas de transação exigidas por um Smart Contract ou adicionar lógica de manipulação de eventos para rastrear transações.

Trabalhando com Tokens Nativos na Cardano

Ao criar um ambiente para Tokens nativos, nos concentramos na simplicidade, efetividade, acessibilidade e, é claro, na segurança.

Dependendo de suas preferências e conhecimentos técnicos, os usuários poderão escolher entre três maneiras de criar, distribuir, trocar e armazenar Tokens:

  • Interface de Linha de Comando Cardano (CLI) - Os usuários avançados podem acessar a CLI por meio de um ambiente de teste específico. Implementaremos a CLI na Mainnet quando fizermos o Hard Fork.
  • Uma interface ‘construtora de Tokens’ para o usuário (GUI) - Isso procederá o lançamento da CLI do Token Nativo, tornando a experiência de criar Tokens algo mais fácil.
  • A carteira Daedalus - A Daedalus fornecerá suporte para realizar transferências de Tokens personalizados. O Daedalus Flight testará a funcionalidade do Token Nativo em Março, que será procedido pelo lançamento da Mainnet.

Vamos nos aprofundar um pouco em cada opção.

Trabalhando com a CLI

Os desenvolvedores avançados podem usar o ambiente de teste dos Tokens Nativos para criar (cunhar) ativos e enviar transações-teste para endereços diferentes.

A natureza de trabalhar com a Cardano CLI pressupõe que alguém esteja familiarizado com a configuração e operação do Cardano Node e que tenha experiência em lidar com transações e gerenciar endereços e valores. Para criar Tokens Nativos usando a CLI Cardano, será necessário que você:

  • Configure e inicie o Cardano Node;
  • Configure um Node de transmissão para se conectar ao ambiente de teste de Tokens Nativos;
  • Inicie a interação com a rede (solicite a Cardano CLI);
  • Construa um script de política monetária;
  • Crie Tokens usando o script de política monetária;
  • Por fim, envie e assine as transações para transferir Tokens entre endereços.

Há diversos tutoriais e exercícios de Tokens Nativos estão disponíveis em nosso site de desenvolvedores para ajudá-los a criar Tokens, políticas monetárias e aprender como executar transações de múltiplos ativos.

Já estamos observando um interesse particular dos Operadores das Pools a participarem nisso. Até agora, centenas de Tokens de teste foram criados e nós continuamos a melhorar a CLI com base no feedback que recebemos. Agradecemos seus comentários e incentivamos o teste da comunidade.

Criador de Tokens: uma interface de criação de Tokens amigável.

A CLI requer um certo nível de habilidade de desenvolvimento. Portanto, criamos outras maneiras para usuários menos experientes serem capazes de criarem Tokens. Para que isso ocorresse, planejamos lançar um “Criador de Tokens” após o lançamento da Mainnet CLI.

O “Criador de Tokens” é uma interface gráfica que torna a criação de Tokens mais simples. Se você estiver interessado em criar Tokens para seu aplicativo descentralizado, deseja “Tokenizar” sua propriedade, criar cartões de coleta de NFTs (Tokens não-fungíveis) representados como ativos especializados, ou deseja criar uma Stablecoin atrelada ao valor de outras moedas, o “Criador de Tokens” poderá ajudá-lo!

Para criar um Token, você só precisa preencher:

  • O nome do Token (por exemplo, Olá Mundo)
  • O símbolo do Token (por exemplo, OLM)
  • O ícone do Token (gerado automaticamente)
  • Quantidade a ser criada (por exemplo, 1.000)
  • Endereço da carteira Cardano (seu endereço para hospedar Tokens recém-criados).

(Vide Figura 1 ao final do artigo clique no link.)

O “Criador de Tokens” gerará a sua política monetária automaticamente, ou seja, você não a definirá sozinho! Isso agilizará e simplificará a criação de um Token para um usuário não muito experiente.

A priori, o construtor de Tokens oferecerá suporte apenas à criação de Tokens fungíveis (enquanto Tokens não-fungíveis poderão ser criados usando a Cardano CLI). Coforme o tempo, estenderemos a funcionalidade para permitir a criação de Tokens não-fungíveis e a alteração da política monetária de acordo com as preferências específicas de cada usuário. Isso significa que os usuários poderão especificar as condições sob as quais os Tokens são cunhados (ou queimados, talvez), ou quem tem controle sobre o fornecimento do ativo, por exemplo.

Enfim, quando os Tokens são cunhados, será possível cunhar mais unidades clicando no botão “Cunhar mais”. Isso pode ser feito com base na mesma política para criar mais Tokens do mesmo tipo, ou você pode criar outros Tokens que representam valores diferentes com base em uma política diferente. Como por exemplo, você pode criar mais Tokens Olá Mundo ou você pode criar 500 Tokens de “teste” do zero que serão usados ​​para outras finalidades (eles terão uma política de cunhagem diferente).

O “Criador de Tokens” visa reduzir a complexidade da criação de Tokens e também se concentra no aprimoramento e na apresentação visual dos processos funcionais. Em decorrência disso, nosso objetivo é fornecer visibilidade sobre todos os Tokens criados, sobre os seus valores, sobre as suas quantidades e endereços entre os quais serão transferidos, tudo isso em uma única plataforma.

Daedalus

Os usuários que não desejam criar seus próprios Tokens, mas que desejam usar os Tokens jáexistentes para pagamentos, compras ou troca, poderão usar as suas carteiras, como a Daedalus e, posteriormente, a Yoroi.

A equipe da Daedalus continua trabalhando na integração do Back-end da carteira com a interface do usuário para oferecer suporte aos Tokens Nativos. Os usuários serão então capazes de manter tais Tokens em suas carteiras, enviá-los e recebê-los, assim como fariam com as suas ADA.

Os Tokens Nativos são identificados exclusivamente por dois números hexadecimais armazenados na cadeia: o ID da política monetária e o nome do ativo. Ao levarmos em conta que esses números não são fáceis de serem lidos, nós a utilização de impressões digitais para facilitar a identificação de Tokens Nativos pelos usuários. As impressões digitais são sequências alfanuméricas de 44 caracteres e começam com o prefixo “Token”.

Os dados adicionais dos Tokens exibidos na IU da carteira (nome, descrição e acrônimo) serão fornecidos pelo Registro de Tokens da Cardano, que é administrado inicialmente pela Fundação Cardano.

(Vide Figura 2 ao final do artigo, clique no link)

Ciclo de vida do Token Nativo

Quando todos os componentes necessários forem implantados, o ciclo de vida do Token Nativo estará completo. Ele consiste em cinco fases:

Durante essas fases, os controladores de ativos serão capazes de definir a política monetária para aquela classe de ativos e autorizar os emissores de Tokens a cunhar ou queimar os Tokens. Os emissores de Tokens poderão então cunhar Tokens (para aplicativos, por exemplo), manter sua circulação e emiti-los para os detentores de Tokens. Por fim, os detentores de Tokens (por exemplo, usuários individuais ou trocas) poderão enviar Tokens para outras pessoas, usá-los para pagamento ou resgatá-los quando terminarem de usá-los.

O que virá a seguir?

Nós lançamos o ambiente de teste no mês de Dezembro de 2020 e estabelecemos assim a base para o desenvolvimento de Token Nativo. Também adicionamos um ambiente de teste para permitir que operadores da bolsa e de Stake Pools iniciem os testes. Ele possui uma espécioe de torneira e permite que uma rede de Nodes seja construída enquanto conectamos a transmissão.

Siga o nosso site de atualizações da Cardano para ver nosso progresso semanal. Juntamente com o trabalho de desenvolvimento principal, nossas equipes estão trabalhando em toda a documentação de suporte e atualizando-o no site dos desenvolvedores. Conforme expandimos os recursos dos Tokens Nativos e adicionamos ferramentas e interfaces, forneceremos documentação e tutoriais para incentivar as pessoas a se envolverem. Naturalmente, a base de código é Open Source e já vimos uma série de projetos comunitários interessantes surgirem (em torno de colecionáveis digitais, por exemplo).

Portanto, muita coisa acontecerá nos finais de Fevereiro e início de Março, desde os testes finais e o evento HFC, até Tokens Nativos na Cardano em uma nova experiência de carteira na Daedalus. Haverá tempos emocionantes pela frente!

FIGURAS 1 E 2 VIDE TEXTO.

6 Likes

Muito obrigada por traduzir. Feliz de ver mais uma mulher guerreira por aqui. Abraço

3 Likes

Eu que agradeço, juntas somos maiores!

2 Likes

Ainda confuso mas obrigado pela pesquisa e tradução. Como sou novo no “mundo Cardano” estes textos ajudam imenso, embora como disse, muitos termos novos. Mais uma vez obrigado

Olá, Adriano! É bem confuso ao início sim, não o julgo! Se houver algumas dúvidas sobre alguns significados de termos escritos nesta tradução, recomendo que leia a nossa tradução do glossário de termos em: Cardano? Token? Um guia definitivo para todos os termos do mundo Cardano!

Caso, após a leitura, ainda haja dúvidas sobre quaisquer coisas, não hesite em me contatar!

Abraços,
Lara

obrigado. Já estive a ler mas são muitos termos novos…passo a passo

1 Like

Tomara que consiga entender um pouco desse novo mundo :hugs::hugs: